quarta-feira, 14 de maio de 2008

E vocês ainda estão lá.

Igor Prado: Hoje bem se sabe, e felizmente, que parte nata do papel de um jornalista é duvidar. Nesse quesito resta tanto ao profissional, ao amador e ao amante da profissão levantar nos fatos óbvios, brechas, fendas, ângulos ou infindáveis pontos de vistas e réplicas que tragam acréscimo ao fator notícia, e (quem dera sempre) consequentemente ao leitor. Fim da aula básica de jornalismo leigo. Ponto.
Diria o rato de redação, e até mesmo o catedrático: “Se não é noticiado, não existe”. Difícil duvidar do que não existe. Mas se o assunto inexistente é algo que nos identifica, ou que nos expressa (CULTURA, vide dicionário Aurélio), o assunto nos aparece aos olhos como alvo-fácil. Como um criminoso que em frente ao fim da fuga de um flagra se aproxima com os braços aos céus e um sorriso podre amarelado. Assim aparece a constatação do quão relapsa - pra não dizer esforçada em esquecer - é a sociedade em passar pra trás seus conceitos, suas fontes e origens.

Mesmo quando, no que é privilégio e assim deveria ser considerado, as fontes e origens continuam ali, vivas

Luana Lia: Vivas. No sentido literal da palavra.
Uma moeda de dois lados e uma só face. Duas Caras, que possuem igual valor humano. Dois homens, origens parecidas, conquistas diferentes. Um com mais, e outro com menos Coroa.
Saberão aqui, no virtual, os resquícios da memória de uma história que não está nem ao menos em papel - seja de jornal ou revista, atual ou de outrora - mas que ainda conserva seu valor e ajuda a construir a imagem do trecho quase que despercebido do centro da cidade como sendo também cenário folclórico de Teresina - no mais presente que isso possa significar.






Luana e Igor: Em breve, aqui.

____________________


CORTA.

[off]Luana: Acha que as pessoas vão querer ler isso?
[off]Igor: É pra isso que as pagamos.
[off]Luana: Não vi graça.


____________________

[Foto: Maurício Pokemon]

7 comentários:

Georgiana disse...

Luana, eu pedi pra matar minha curiosidade e tu só agravou.

*agora muito mais ansiosa*

Esperemos, então ;]

camila disse...

uehuehuehue
esperemos ansiosaaas :D

eduardo disse...

putz,devo admitir...

é bom de ler,oh!

hehehe

Publicista! disse...

Texto interessante. Como sempre!
bjs

Karla Danielle disse...

tá show, é por isso que essa tchuma....

georgia disse...

tipo, minhas unhas já eram de tanta curiosidade! huahauah
ou melhor, meus dedos... porque unhas eu já não tenho mais ;x

mana (pra quem não sabe, luana é minha irmã OK), tu é a melhor!

♪ J u z ã o. disse...

Vcs dois só podem usar drogas! ahiuehiaueuihauiheuiaiuhieuhaiuhie
;***